Arquitetura, Design, Exposição de Arte, Portugal

Museu de Arte, Arquitetura e Tecnologia na orla de Lisboa

As curvas do Museu de Arte, Arquitetura e Tecnologia deram ainda mais charme à uma das nossas cidades preferidas no mundo: Lisboa!

Com projeto do escritório AL_A, da britânica Amanda Levete, o design moderno do MAAT, localizado à margem do rio Tejo, se contrasta com a paisagem histórica de Belém. A sua fachada é composta de azulejos brancos, convidando os visitantes e habitantes a apreciarem o monumento enquanto caminham entre o rio e o museu.

Imagem de Amanda Levete Architects

Imagem de Amanda Levete Architects

Joel Filipe

Joel Filipe

Inaugurado no ano passado, o MAAT tem como finalidade oferecer um espaço de diálogo e discussão entre as três áreas: Artes, Arquitetura e Tecnologia, recebendo exposições nacionais e internacionais ao redor dos temas. A direção do museu está a cargo do ex-curador de arquitetura do MoMa de Nova York, Pedro Gadanho. Segundo ele, o MAAT é um museu único no mundo, uma vez que só ele oferece a intersecção entre essas três disciplinas.

No ano passado, a renomada artista francesa Dominique Gonzales-Foerster foi convidada a realizar uma intervenção especialmente para o MAAT, sobre o tema Utopia/Distopia. A exposição interativa Pynchon Park, inspirada no universo sci-fi, ocupou os mil metros quadrados da Sala Oval do museu.

Pychon Park

Bruno Lopes

Mais de 60 mil pessoas visitaram o loca no dia da inauguração, em outubro do ano passado. A incrível vista para a ponte 25 de Abril pode ser apreciada do terraço do Museu, aberto 24 horas por dia.

 

Para conhecer um pouco mais sobre o Museu de Arte, Arquitetura e Tecnologia de Lisboa, assista o vídeo do cineasta Alejandro Villanueva:

Por: Michaella Kato
Standard
Lina-Bo-Bardi-size-598
Arquitetura, Especial

Cem anos de Lina Bo Bardi

Lina Bo Bardi, arquiteta modernista italiana completaria 100 anos hoje, dia 5 de dezembro.
Nascida em 5 de dezembro de 1914, em Roma, formou-se na Faculdade de Arquitetura de Roma e em 1946 veio ao Brasil, naturalizando-se como brasileira.
MASP
Na página inicial do Google de hoje, a ilustração do MASP faz homenagem ao centenário da arquiteta:
Google.com

Veja algumas das suas principais obras:

– Instituto Pietro Maria Bardi, São Paulo, 1951 – originalmente a residência do casal, o edifício é conhecido como a Casa de Vidro

– Museu de Arte de São Paulo (MASP), São Paulo, 1958

– Casa da Cultura de Pernambuco, Recife, 1963

– Igreja do Espírito Santo do Cerrado, Uberlândia, Minas Gerais, 1976

– Museu de Arte Moderna da Bahia, Salvador

– Teatro Oficina, São Paulo, 1990.

– SESC Pompéia – Fábrica , São Paulo, 1990

– Reforma do Palácio das Indústrias, São Paulo 1992

– Reforma do Teatro Politeama, Jundiaí, 1986

“Quando a gente nasce, não escolhe nada, nasce por acaso. Eu não nasci aqui, escolhi este lugar para viver. Por isso, o Brasil é meu país duas vezes, é minha ‘Pátria de escolha’ e eu me sinto cidadã de todas as cidades, desde o Cariri ao Triângulo Mineiro, às cidades do interior e às da fronteira”. Lina-Bo-Bardi

Standard
historiasdecasas
Achado, Design, Especial

Histórias da Casa, um blog com algo para contar

O blog Histórias de Casa tem tudo que a Zac adora: imóveis especiais com histórias pra contar. Ele vai além das dicas de decoração e arquitetura, contando os segredos e as aventuras por trás dos objetos e das paredes que compõem os lares mais charmosos e simpáticos.

Divulgacao_Historias_de_Casa_3_rs

Todas as casas são visitadas e fotografadas e os posts são separados por Capítulos. Tudo com muito capricho.

Divulgacao_Historias_de_Casa_10_rs

Por trás de tudo isso estão as amigas Bruna Lourenço, do blog Referans, e a designer de interiores Paula Passini. Elas contam: “Às vezes, paredes rabiscadas ou com obras de arte contam mais sobre a vida do morador que qualquer outra coisa, assim como coleções e peças herdadas da família ou dos amigos costumam estar carregadas de memória”.

Histórias de Casas

Standard
cq5dam.web_.1200.675.16x9-693x389
Exposição de Arte, França, Moda

The Louis Vuitton Foundation

Paris ganha um ousado e incrível lugar dedicado à Arte e à Cultura!
O aguardado museu “The Louis Vuitton Foundation”, assinado pelo renomado arquiteto Frank Gehry está com a abertura marcada para o dia 27 de outubro, segundo Berard Arnault, presidente do grupo de luxo LVMH – que controla, além da Louis Vuitton, grifes como Dior e Moët & Chandon.cq5dam.web_.1200.675.16x9-693x389Arnault declara: “Queríamos dar a Paris um lugar excepcional para a Arte e Cultura e o desafio de ousar e passar emoção foi dado a Frank Gehry, na realização deste edifício emblemático do século XXI”. O museu, que é todo revestido de vidro e espelhos e custou mais de 100 milhões de euros, é situado nos Jardins de Bois de Boulogne, grande parque na extremidade ocidental de Paris, e vai abrigar a coleção de arte permanente de Arnault e sediar exposições temporárias de arte contemporânea.

Os planos para a exposição de abertura já foram revelados: uma mostra retrospectiva dedicada as criações, projetos e designs do arquiteto Frank Gehry, autor de projetos como: O museu Guggenheim de Nova York, Museu Guggenheim de Bilbao, Dancing House, em Praga, Walt Disney Concert Hall, em Los Angeles e a gigantesca escultura do peixe dourado inaugurada nas Olimpíadas de Barcelona. A exposição ficará em cartaz até 5 de janeiro de 2015.

 

Standard