Uncategorized

Accountability – Você ainda vai ouvir falar disso!

Com uma história de mais de 32 anos em pesquisas e desenvolvimento profissional, o pesquisador, consultor e “coach” em gestão João Cordeiro é um especialista em “accountability pessoal”, conceito que corresponde a uma virtude moral, que leva o ser humano a evoluir a percepção da responsabilidade, encontrar oportunidades de deixar uma contribuição maior, agir como dono e assumir um papel protagonista em sua trajetória.

1.jpg

Foto: Folha de S. Paulo/Divulgação

Para João, é impossível criar um ambiente inovador quando as pessoas se justificam o tempo todo: “Para inovar, é preciso assumir outra postura e sempre se perguntar – o que eu posso fazer diante destas circunstâncias? De que forma posso agregar, deixar uma contribuição, um legado?”

Na Zac isso é visto como protagonismo, por isso Cordeiro foi convidado para contribuir, modernizar a gestão da empresa e, principalmente, despertar em toda equipe Zac uma atitude de “accountability”: “Conheço o João há muito tempo. Ele veio nos ajudar num trabalho com a Rede Zacharias, ficamos amigos e, a partir daí, ele sempre me ajudou com a Zac. Sempre que preciso de um apoio, uma ajuda, converso com ele” conta Ana.

2

Psicólogo formado em 1984 pela Pontifícia Universidade Católica de Campinas – PUCC, com especialização em Administração de Empresas pela Fundação Getúlio Vargas – FGV e pós-graduação em Marketing pela Escola Superior em Propaganda e Marketing – ESPM, Cordeiro fez 40 cursos no exterior, em instituições como University of Michigan Business School, Disney University, National Speakers Associations, Intentional Use of Self Strategies and Skills for Consulting, entre outras. E hoje ministra palestras e workshops como um “evangelista da accountability”, como se auto define.

3

Foto: Betha

Ainda assim, preocupado em trabalhar corretamente o conceito, demorou dez anos para publicar seu primeiro livro sobre o tema: “Tinha receio de fazer afirmações em cima de uma palavra que não tem tradução direta para o português e ao mesmo tempo possui um significado tão profundo”, diz.

4

No livro “Accountability – A evolução da responsabilidade pessoal nas empresas”, lançado pela Editora Évora em 2013, João reúne os argumentos necessários para despertar a “accountability pessoal” que existe dentro de cada indivíduo, além oferecer ferramentas para implantar o conceito no trabalho, transformando o profissional em protagonista, e não em mero espectador passivo da vida corporativa.

Ao detectar que o antivalor de “accountability pessoal” é o “desculpability”, uma habilidade de afastar de si a responsabilidade, culpando os outros ou as circunstâncias, João começou então uma nova jornada, que resultou o segundo livro, lançado em 2015, também pela Editora Évora. Em “Desculpability – Elimine de vez as desculpas e entregue resultados excepcionais”, Cordeiro convida a deixar de lado as desculpas para os fracassos e, sobretudo, de ser refém dos acontecimentos do mundo.

5

Em onze capítulos o autor apresenta, tanto os porquês de as pessoas, intuitivamente, procurarem desculpas, como também os impactos desse hábito em uma empresa, afastando-se de si a responsabilidade e culpando os outros ou as circunstâncias. “A desculpability é inata e instintiva. Trata-se de uma proteção, um mecanismo de defesa”, afirma João Cordeiro. “Com isso, o executivo brasileiro, de tanto ouvir desculpas, tornou-se tolerante com a baixa performance do time e, apesar de termos excelentes modelo de cultura de alta performance, muitos gestores desconhecem as ferramentas para reverter esse quadro”, completa.

6

Enfim, um profissional incrível, dois conceitos excelentes e aplicáveis e duas leituras recomendadíssimas pela Zac, para fazer a diferença, tanto na vida pessoal, como corporativa.

Para conhecer mais o trabalho de João Cordeiro acesse  o site.

Comentários

comentários

Standard

Leave a Reply